quarta-feira, 20 de março de 2013

Qual o significado da palavra culto? Porque tantos cultos direcionados?


Significado da palavra culto.
Qual o significado da palavra culto?
 Culto e uma palavra que tem a origem do (Latim Cultus), esta palavra nas religiões esta ligada diretamente em cultuar, costume usado nas igrejas com forma de adoração, veneração, Homenagem religiosa dirigida a um Deus.
 A palavra culto tem sido usada em algumas religiões de forma distorcida, talvez por falta de conhecimento ou interesse, alguns templos “religiosos” são mais usados como casa de show, espetáculos e extorsões, ao invés de ser usado como local de adoração, desviando-se o foco principal, locais liderado por verdadeiros mercenários e frequentado por fanáticos, onde uma boa parte conhece as escrituras, porém, fazem questão de permanecer em práticas que cultuam tudo, menos Deus. Para elucidar vou dar exemplos de alguns cultos praticados em algumas religiões.


Porque tantos culto direcionados? 
Culto de Prosperidade.

Mateus 6:25
 Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

Mateus 6:33
 Mas, buscai primeiro o reino de Deus e sua justiça e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
 Algumas pregações de culto de prosperidade, Pastores destorcerem a Palavra afirmando que Jesus fala: "todas as coisas serão acrescentadas” sendo que Jesus falou, "todas estas coisas vos serão acrescentadas", Ele se referia a comer, beber e vestir, e com uma condição: buscar primeiro o Reino de Deus e a sua justiça. Buscar o reino de Deus, e seguir os exemplos dados por Jesus, Ele buscava, recebia e transmitia o conhecimento de Deus, que é amor, misericórdia, compaixão, e por essas três atitudes se cumpria toda a justiça, nos dias de hoje muitos ainda por não conhecer a palavra, vão aos templos não para cultuar a Deus, e sim para buscar bênçãos matérias como se estivesse em um grande comercio, e acham que podem comprar as bênçãos de Deus pagando-as com seus dízimos, ofertas, louvores e adorações, e se frustram quando não recebem o desejado. O nosso Deus não é Deus de barganha, Ele já nos deu tudo que temos direito, vida e salvação pelo conhecimento da Palavra, sabedoria e fé, se queremos bens matérias temos que trabalhar, e saber usar o que ganhamos. Jesus nos assegurou três itens em nossa vida, Ele não prometeu: carro, casa, dinheiro, ou quaisquer outros tipos de bem material. Podemos verificar que igrejas elaboram campanhas de vários tipos e com mercenários especializados em extorquir valores até mesmo de pessoas necessitadas, e sem nenhum escrúpulo fazem promessas baseadas em diversos textos Bíblicos destorcidos.


Culto de Cura.
Lucas 5:17-27
17-E aconteceu que, num daqueles dias, estava ensinando, e estavam ali assentados fariseus e doutores da lei, que tinham vindo de todas as aldeias da Galiléia, e da Judéia, e de Jerusalém. E a virtude do Senhor estava ali para curá-los.
18-E eis que uns homens transportaram numa cama um homem que estava paralítico, e procuravam fazê-lo entrar e pô-lo diante dele.
19-E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.
20-E, vendo ele a fé deles, disse-lhe: Homem, os teus pecados te são perdoados.
21-E os escribas e os fariseus começaram a arrazoar, dizendo: Quem é este que diz blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão só Deus?
22-Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, respondeu e disse-lhes: Que arrazoais em vossos corações?
23-Qual é mais fácil? Dizer: Os teus pecados te são perdoados; ou dizer: Levanta-te, e anda?
24-Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.
25-E, levantando-se logo diante deles, e tomando a cama em que estava deitado, foi para sua casa, glorificando a Deus.
26-E todos ficaram maravilhados, e glorificaram a Deus; e ficaram cheios de temor, dizendo: Hoje vimos prodígios.
 Se observarmos como este há vários outros versículos que não dá nem para enumerá-los, veremos que Jesus nunca ensinou fazer este tipo de culto, as curas eram naturais, às vezes ele estava caminhando e outras vezes ensinando o povo, mas todas as curas tinham um motivo, era para honra e gloria do pai por sua manifestação, e na maioria das vezes ele primeiro perdoava os pecados, pois via que existia arrependimento.  A fé daqueles homens fez com que o homem da cama partilhasse da mesma fé, ao ficar diante de Jesus se arrependesse dos pecados em seu coração, e Jesus o perdoou. Se observarmos a cura veio depois, mas para que todos aqueles ali presentes crescem, pois conforme este texto bíblico a casa estava cheia e ali estavam pessoas de todas as partes e também os fariseus e os doutores das leis, e todos ficaram Maravilhados e glorificaram a Deus aquele local era Cafarnaum, cidade onde Jesus iniciou seu ministério.
 Hoje existem homens que usam Lucas 5:20 e pregam que a fé deles pode curar os doentes, Jesus nunca falou: a minha fé te curou, ou a tua fé te curou, a expressão que ele usava era: a tua fé te salvou, a fé salva e o arrependimento traz o perdão dos pecados e a cura é para honra e gloria de Deus, e na hora que ele quer, não depende de: fé de homem; culto de cura; mais sim da vontade de Deus.
Este e mais um culto comercial, pois hoje como na época de Jesus muitos só creem quando vê sinais, são como Tomé tem que ver para crer, e vivem enganados pelos olhos, são e cegos em sua ignorância (falta de conhecimento).  

Culto de Perdão.

 Este tipo de culto é direcionado aos membros de uma congregação, deveria ser chamado de culto de hipócritas, na maioria das vezes os irmãos choram se abraçam, se emocionam, e falam que “perdoaram” e continuam com a cara virada para o irmão, é bom em perdoar os mais próximos, aqueles do mesmo meio, “a panelinha cristã” é muito fácil, mais e aquele vizinho, amigo, parente que o magoou, feriu e ofendeu, é fácil assim? Cultos que não levam ninguém a lugar nenhum, a não ser a igreja, se estas igrejas ensinassem mais sobre o amor de Jesus Cristo, existiria menos ódio rancor no coração dos homens, e não seria necessário culto especifico para perdoar.

Lucas 23:30-34
30-Então começarão a dizer aos montes: Caí sobre nós, e aos outeiros: Cobri-nos.
31-Porque, se ao madeiro verde fazem isto, que se fará ao seco?
32-E também conduziram outros dois, que eram malfeitores, para com ele serem mortos.
33-E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.
34-E dizia Jesus: Pai perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes.

 Jesus naquele momento sondava o coração de cada um daqueles, e antes de condená-los Ele enxergava que havia falta de conhecimento daquele povo, que era manipulado, e mesmo o povo pedindo a Sua crucificação Ele pedia o Pai que os perdoa-se.

 Baseado em fatos reais:
 Um cristão professor de escola dominical para novos convertidos, deparou com a dúvida de um dos alunos que o questionou: certo vizinho pastor cristão, de certa congregação há anos, havia discutido com ele, porque ao queimar o lixo no quintal havia o incomodado, e nunca mais o cumprimentou, e perguntou o que ele deveria fazer já que aquele vizinho o ofendeu e nunca lhe pediu desculpas, e isto por muitos anos, o professor o orientou: que ele como cristão e como conhecedor do Amor de Cristo deveria perdoá-lo, e a próxima vez que o encontra-se o saudasse com a Paz do Senhor, isto o identificaria como um verdadeiro cristão, já que aquele vizinho mesmo “cristão” e durante vários anos, não havia feito, e com este gesto ele traria a paz no coração de ambos, porque com certeza os dois estavam incomodados com aquela situação, o aluno no mesmo dia foi para casa e sem nenhuma dificuldade praticou, o que foi orientado, pois era um domingo e ambos saiam para o culto no mesmo horário, e a resposta foi imediata o vizinho o respondeu com certo ar de surpresa, pois a atitude havia vindo de um discípulo, e não dele como pastor.
 O perdão é um benefício maior para quem perdoa do para quem é perdoado. 


Culto de interseção & Libertação:
 Este é o tipo de Culto sem ação não tem nenhum efeito, se você quer libertar seu filho; filha; marido ou esposa; parente; amigos ou até mesmo você; de: drogas; prostituição; alcoolismo; dividas e quaisquer outros vícios ou problema do cotidiano, não basta ficar orando dentro de uma igreja, na maioria das vezes nestes cultos de libertação os pastores atribuem estas coisas ao diabo ou maldições hereditárias, mais não explica que cada pessoa tem o seu "diabo particular", este diabo chama se: vontade da carne. Enquanto ficam presos a estes cultos de campanha, seus entes queridos ou você mesmo continuam com o mesmo problema. Se o problema é drogas, sugiro que procure ajuda especializada no assunto, e que os familiares o apoiem e não descrimine por mais que seja difícil, devemos nos lembrar que Jesus não julgou, quando você descrimina alguém você julga-o indigno de sua companhia, lembre-se a palavra de Deus só fará efeito no coração de qualquer um, plantada por uma pessoa que realmente seja vista como exemplo de fé, e não por que estar dentro da igreja vinte quatro horas por dia sem incomodar com o que acontece fora, orar tem seu significado que é falar com Deus, porem sem ação se torna ineficaz, temos que fazer a nossa parte; se o problema é prostituição, devemos levantar a auto-estema desta pessoa mostrando-a que ele é muito melhor do que ela pensa, e que ela é capaz de mudar de vida, e sem mostrar o que ele faz de errado, e sim mostrando o que ela pode fazer certo, cuidado que a condenação pode afastá-la de você, não devemos descriminar, se estivermos afastados desta pessoa nunca poderemos ajudá-la, pois temos que ser exemplo para ela;se o problema e dívida não tem oração que dê jeito, eu sugiro que a pessoa analise o motivo, pode ser desemprego  ou problema de saúde, ao invés de campanhas para tirar dinheiro dos irmãos, a igreja deveria fazer cultos direcionados a ação social, e se preocupar com seus membros e fazer como Jesus, ajudar os irmãos mais necessitados; agora se for descontrole este caso mais complicado, está ligado a compulsividade, isto é necessário de ajuda terapêutica; acredito que ao invés de campanhas de libertação as igrejas deveriam ter: balcão de emprego, psicólogos e terapeutas e ajudassem estas pessoas com apoio dos irmãos e familiares.
 Há Pastores que quando a dívida do irmão é extinta em cinco anos, chegam até afirmar que foi milagre e atribuem a isto a Deus, estes Pastores agradecem a Deus na verdade porque aquele irmão deixa de manchar a imagem da sua igreja, quando a mesma não fez nada para ajudar.
  
Deus não coopera para que sejamos desonestos, a libertação que Jesus deixou para todos, e libertação do pecado, pela palavra de Deus.

Maldições hereditárias.

Êxodo 20:4-5.

4-Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
5-Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

 Para falar sobre este tema eu não poderia deixar de fora o segundo mandamento da lei de Deus, que é muito usado para vinculação de maldição hereditária dentro da igreja, que na verdade se refere à criação, adoração de imagens e esculturas, e a visitação do pecado dos pais nos filhos, ou seja: ao pecarem os pais, criariam em seus filhos hábitos de adoração a outros deuses, e normalmente isto duraria por algumas gerações até que mudassem seus hábitos, pois aquele povo acabara de sair do Egito, e o local havia adoração a variedades de deuses, então seria normal que continuassem com estes costumes, estes versículos não querem dizer que o pecado dos pais levara sofrimento aos seus filhos, ou que os filhos receberão maldição por um pecado dos pais, não existe maldição hereditária, a não ser que os filhos de continuidade aos costumes pecaminosos de seus pais. Este e um costume de religião, no qual o próprio Deus condenou no passado. Confira em:

Jeremias: 31:29-33

29-Naqueles dias nunca mais dirão: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram.
30-Mas cada um morrerá pela sua iniqüidade; de todo o homem que comer as uvas verdes os dentes se embotarão.
31-Eis que dias vêm, diz o Senhor, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.
32-Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o Senhor.
33-Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.

Ezequiel 18:1-4
1-E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
2-Que pensais, vós, os que usais esta parábola sobre a terra de Israel, dizendo: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram?
3-Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que nunca mais direis esta parábola em Israel.
4-Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá.

 Quando o povo sofria por algum motivo, era normal atribuir o sofrimento aos pecados dos pais baseando-se nesta parábola, e com isto achavam-se isento de culpa. Durante o ministério de Jeremias Deus adverte o povo, sobre a nova aliança, onde os filhos não pagariam pelos pecados dos pais, pois cada um pagaria pelo seu pecado, pois ele colocaria a lei no interior de cada um e todos

João 9:1-3
1-E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença.
2-E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?
3-Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.

 Podemos verificar que 600 anos após a proibição desta pratica ainda havia dúvida sobre este assunto até entre dos discípulos de Jesus Cristo, Jesus não veio para mudar os mandamentos de Deus e sim para trazer a compreensão, e a forma correta de usá-los e enxergá-los.
Provérbio 22:6
6-Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.
 Há até algumas religiões que usam o texto de Provérbios 22:6 distorcido, induzindo os fies a acreditar que o caminho certo para seus filhos é a igreja, onde na verdade o caminho certo e: amor, retidão, respeito e verdade dentro e fora de casa e da igreja, isto acontece até hoje, crianças nascem com alguma deficiência, muitas vezes são problemas genéticos, ou causados por um período de gestação mal acompanhada, ou com associação a uso de drogas, abortivos, ou até mesmo o uso de medicamentos para náuseas e outros tipos de sintomas da gravidez, estes são os principais fatores que trazem a vida crianças com problemas de formação e até mutilações sem reversão. “Como disse Karl Max, filosofo economista e cientista Alemão (1818-1883) na essência de sua filosofia que: o ser humano é produto do meio", na realidade, no meio em que vive, “somos frutos do meio em que vivemos”, hoje igrejas evangélicas atribuem ao diabo ou satanás tudo o que acontece de ruim, fechando os olhos para não enxergar que todas estas coisas são ocasionadas por falta de estrutura familiar, a preservação da família sempre foi responsabilidade das igrejas do passado, já nos tempos modernos fora deixada de lado, trocada por cultos fantasiosos.
 Vamos ver alguns exemplos de maldições criadas pela igreja: Separação de casais: Não é nada mais do que o reflexo de duas leis; do Desquite criada em 1949 e do Divórcio e da separação judicial em 1977. A partir da década de (LXX) ainda com a lei do desquite, mesmo com a condenação das igrejas que não orientava só condenava, e de uma boa parte da sociedade que descriminava, o matrimonio deixava de ser levado a sério, e logo a partir da década (LXXX) com a lei do divórcio começava a explosão de separações de casais e logo se tornou normal a frase: (vou tentar e se não der certo depois separo) casar-se tornou uma pratica experimental, e o motivo das separações eram sempre os mesmos a conhecida "incompatibilidade de gênios”, e tornou-se um exemplo de pais para filhos.
 Logo os pais deixavam de fazer parte da vida dos filhos, com suas muitas ocupações, as mulheres que antes eram as mais presentes,  logo pela necessidade econômica ingressaram no mercado de trabalho, e a partir daí começava a desestruturação familiar, a falta de apoio dos pais deixara com que os filhos se espelhassem em conselhos de amigos, mídia e novelas, que logo com a democracia e liberdade imprensa suprimiram a censura, tudo que era ilícito  era exibido nas primeiras páginas de jornais, revistas e telejornais, que brigam por audiência, e sem se importar com os estragos causado a sociedade, os crimes antes que eram algo de vergonha, quando alguém era preso a família ocultava para que ninguém soubesse, logo passaram a ser normais e até serviram como expiração para muitos, começaram a surgir os heróis do crime, que anteriormente eram esquecidos em presídios, começaram a se destacar nas primeiras páginas de jornais e telejornais;logo após a copa de 70 o fumo e o álcool foi um dos grandes alvos das campanhas publicitárias onde eram apresentadas no meio esportivo dando ênfase como se fosse um ponto forte para ser um bom atleta, ligando a belas mulheres e carros luxuosos e extravagantes;com o fim da ditadura militar começava a ser desvendado uma nova modalidade de crimes legalizados no Brasil, grandes golpes era descobertos porém, nunca eram punidos, surgiu uma nova frase, "Os políticos roubam, porque eu não posso roubar?" E a estava mais uma vez o povo cometendo um ato ilícito ao se espelhar nos atos dos outros; o desquite eo divórcio passaram a ser atitude normal na sociedade, e levou a desestruturação familiar e começou maldições hereditárias", sem acompanhamentos dos pais no dia a dia dos filhos, tornou-se quase que impossível manter um padrão de vida moral, e assim começavam os jovens a uma trajetória de mentiras, drogas e prostituição, para quebrar "maldição:" Sugiro que avalie-se, faça diferente, seja honesto, não repita os erros de seus pais, absorva tudo que é bom que o ensinaram, e o que não é bom procure fazer melhor, vamos para de culpar o diabo, satanás ou demônios de tudo que acontece, devemos assumir nossas culpas.  Se você é pai errou assume seu erro, concerte agora mesmo, e ensine o seu filho que ele não deve cometer o mesmo erro, e que uma atitude ilícita pode trazer graves conseqüências, seja honesto consigo mesmo e com o seu semelhante, e assim você quebrara qualquer maldição hereditária"que nunca esteve no âmbito espiritual como algumas igrejas falam.

 Culto de Descarrego.

 Há Igrejas hoje já fazem cultos de descarrego, este deveria ser chamado despacho “cristão” nestes cultos é feitos verdadeiros rituais iguais aos despachos com fitas e velas que fogem dos ensinamentos de Deus, e cobram verdadeiras fortunas, aproveitando-se de pessoa que já vieram de doutrinas e assim utilizando dos mesmos métodos, para extorquir dinheiro daqueles que não conhecem a palavra de Deus, estes são os típicos anticristos, criticam outras igrejas condenando a devoção a imagens, mais vendem: Terra de Jerusalém; Água do Jordão; Rosa de Sarom; Kit Canaã; Cajado de Arão; toalha ungida e outros amuletos. Elaboram os cultos baseados no Velho Testamento, mais não ensinam nada sobre a Nova Aliança com Jesus Cristo, pois se os fiéis conhecerem a verdade deixará de freqüentar estas denominações. Pois são denominações que não vieram para fazer a diferença e sim para apascentar membros que se afastaram de outras igrejas ou seitas, pessoas que por terem perdido a satisfação de estarem naqueles locais, estes estabelecimentos criam amuletos e cultos satânicos para convencer os fiéis que eles estão no lugar certo, na verdade vou usar um termo prático para definir esta mudança “trocaram seis por meia dúzia “e são enganados da mesma forma, só mudaram de endereço e denominação.

Culto de Resgate.

 Significado de resgate: Recuperação de algo vendido mediante a restituição de preço ao comprador; Venda com direito de resgate. Perdão de uma falta, resgate de pecados, sinônimo de resgate: libertação, livramento, redenção, salvação.
 Este e o Culto que induz os fiéis entrar em oração para trazer de volta para a igreja, os irmãos “desviados”. Usam a palavra resgate julgando que o irmão foi tragado por satanás e está no pecado, mais não procuram ver a frustração que os levaram a se afastar da casa de Deus, que 99% das vezes a culpa é das próprias igrejas e seus comportamentos como: cultos fantasiosos; membros julgadores; soberbos; arrogantes; contenciosos; prepotentes; e pastores irresponsáveis com a obra de Deus; estes irmãos podem até estar afastado da igreja mais não de Deus, ele pode estar fazendo a obra com mais zelo que aqueles que estão orando, mais não o procuraram para ver o motivo do afastamento de um membro, este tipo de Culto dividiu a palavra oração em duas partes orar- ação, eles utilizam a primeira que significa: falar, porém, não utilizam a segunda que significa agir, ficam enclausurados em seus templos a este culto sem nenhum significado para a obra de Deus, não observam que a palavra resgate e muito pesada para os dias de hoje, o nosso resgate já foi pago por Deus por intermédio de Jesus, ao trazer as verdades de Deus a um povo distante do conhecimento de seus mandamentos, e a confirmação foi a consumação no calvário, e ainda hoje está sendo distorcido por alguns líderes religiosos que continuam com as práticas do passado. Se o seu irmão em Cristo está afastado vá e veja o que aconteceu, incentive-o se ele estiver em outra congregação, alimente-o da palavra de Deus se for necessário, mais não fique dentro da igreja orando sem ação, a obra de Deus e feita mais fora das quatro paredes que dentro delas.

Culto de Santa Ceia.
Êxodo 12:1-28
1-E falou o Senhor a Moisés e a Arão na terra do Egito, dizendo:
2-Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano.
3-Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família.
4-Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro.
5-O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, os quais tomarão das ovelhas ou das cabras.
6-E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde.
7-E tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem.
8-E naquela noite comerão a carne assada no fogo, com pães ázimos; com ervas amargosas a comerão.
9-Não comereis dele cru, nem cozido em água, senão assado no fogo, a sua cabeça com os seus pés e com a sua fressura.
10-E nada dele deixareis até amanhã; mas o que dele ficar até amanhã, queimareis no fogo.
11-Assim, pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; esta é a páscoa do Senhor.
12-E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor.
13-E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito.
14-E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Senhor; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo.
15-Sete dias comereis pães ázimos; ao primeiro dia tirareis o fermento das vossas casas; porque qualquer que comer pão levedado, desde o primeiro até ao sétimo dia, aquela alma será cortada de Israel.
16-E ao primeiro dia haverá santa convocação; também ao sétimo dia tereis santa convocação; nenhuma obra se fará neles, senão o que cada alma houver de comer; isso somente aprontará para vós.
17-Guardai, pois a festa dos pães ázimos, porque naquele mesmo dia tirei vossos exércitos da terra do Egito; pelo que guardareis a este dia nas vossas gerações por estatuto perpétuo.
18-No primeiro mês, aos catorze dias do mês, à tarde, comereis pães ázimos até vinte e um do mês à tarde.
19-Por sete dias não se ache nenhum fermento nas vossas casas; porque qualquer que comer pão levedado, aquela alma será cortada da congregação de Israel, assim o estrangeiro como o natural da terra.
20-Nenhuma coisa levedada comereis; em todas as vossas habitações comereis pães ázimos.
21-Chamou, pois Moisés a todos os anciãos de Israel, e disse-lhes: Escolhei e tomai vós cordeiros para vossas famílias, e sacrificai a páscoa.
22-Então tomai um molho de hissopo, e molhai-o no sangue que estiver na bacia, e passai-o na verga da porta, e em ambas as ombreiras, do sangue que estiver na bacia; porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até à manhã.
23-Porque o Senhor passará para ferir aos egípcios, porém quando vir o sangue na verga da porta, e em ambas as ombreiras, o Senhor passará aquela porta, e não deixará o destruidor entrar em vossas casas, para vos ferir.
24-Portanto guardai isto por estatuto para vós, e para vossos filhos para sempre.
25-E acontecerá que, quando entrardes na terra que o Senhor vos dará, como tem dito, guardareis este culto.
26-E acontecerá que, quando vossos filhos vos disserem: Que culto é este?
27-Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou.
28-E foram os filhos de Israel, e fizeram isso como o Senhor ordenara a Moisés e a Arão, assim fizeram.

 Para entendermos sobre a Santa Ceia de Cristo, temos que voltar em: Êxodo 12 onde foi instituída a páscoa onde uma vez por ano deveria ser festejada em forma de um culto para lembrar a liberdade do povo de Deus da servidão do Egito, porem vamos ler outros textos bíblico para entender a verdadeira mensagem da Ceia do Senhor.

Lucas 22:7-14
7-Chegou, porém, o dia dos ázimos, em que importava sacrificar a páscoa.
8-E mandou a Pedro e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos.
9-E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos?
10-E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar.
12-E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?
13-Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilhado; aí fazei preparativos.
14-E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e prepararam a páscoa.
Marcos 14:17-24
17-E, chegada a tarde, foi com os doze.
18-E, quando estavam assentados a comer, disse Jesus: Em verdade vos digo que um de vós, que comigo come, há de trair-me.
19-E eles começaram a entristecer-se e a dizer-lhe um após outro: Sou eu? E outro disse: Sou eu?
20-Mas ele, respondendo, disse-lhes: É um dos doze, que põe comigo a mão no prato.
21-Na verdade o Filho do homem vai, como dele está escrito, mas ai daquele homem por quem o Filho do homem é traído! Bom seria para o tal homem não haver nascido.
22-E, comendo eles, tomou Jesus pão e, abençoando-o, o partiu e deu-lho, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo.
23-E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho; e todos beberam dele.
24-E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que por muitos é derramado.

 Após a Ceia ter sido preparada como Jesus havia dito assentou-se à mesa com os doze, em MC 14:18 enquanto eles comiam revelou que ali havia um que lhe trairia, e quem seria,  se observarmos o texto percebemos que os discípulos já comiam, pois os alimentos ficavam a mesa, e como era de costume se serviam, em: MC 14:22 é o momento que Jesus toma o pão, esta expressão tomar o pão significa que ele pegou o pão naquele momento, e ao invés de comer, ele partiu o pão, e deu, fica uma pergunta, a quem ele deu este pão que partiu se os discípulos já comiam? Para responder esta pergunta temos que ler Lucas 22:7-14, Jesus escolheu um local amplo como diz o texto bíblico, não escolheria um local deste só para Ele e seus discípulos, conclui-se que ali estavam também todos que o seguiam, e partilhou com todos que ali se encontravam, não só seus discípulos mais sim todos, até mesmo com aqueles que já comiam, e neste momento Ele demonstra a vontade de Deus, está foi a lição deixada por Jesus, quando ele disse: fazei isto em memória de mim, ele não está se referindo a uso da Santa Ceia como é pregado nas igrejas, pois, isto já era uma ordenança feita por Deus através de Moises e Arão, naquele momento Jesus se referia, ao irmãos servir ao seu próximo; viver em comunhão; ou seja, um ajudando ao outro, MC 14:23-24 e para finalizar Jesus levanta o cálice e sela a novo testamento, "testamento e um documento incontestável" que e deixado para que depois da morte seja cumprido, se observarmos durante a Sua vivencia ele mostra como devemos fazer a sua obra, e os discípulos seguiram conforme Jesus os ensinara
 Talvez por falta de conhecimento ou maldade distorcem a Palavra e fazem este Culto que deveria ser como exemplo para nosso dia a dia, e o transforma em um culto simbólico, não ensinam o verdadeiro sentido da Ceia, cristãos participam de eventos que não acrescentam nada, em quanto fora das paredes dos templos muitos aguardam para ouvir a Palavra, e necessitando de ajuda espiritual e material, em quantos Cristãos os tratam com indiferença e os rotulam como ímpios e os deixam a toda sorte por falta de conhecimento das Boas Novas.
 O significado da palavra ímpio é o que pratica a impiedade, e Cristão e aquele que vive como Cristo, ou seja: cuida dos que necessitam, quando vejo este relacionamento de frases, vejo que há muitos ímpios fantasiados de Cristão, e a muitos Cristãos sendo chamados de ímpios


Culto de Primícias.

Levítico 23:9-17

9-E falou o Senhor a Moisés, dizendo:
10-Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes entrado na terra, que vos hei de dar, e fizerdes a sua colheita, então trareis um molho das primícias da vossa sega ao sacerdote;
11-E ele moverá o molho perante o Senhor, para que sejais aceitos; no dia seguinte ao sábado o sacerdote o moverá.
12-E no dia em que moverdes o molho, preparareis um cordeiro sem defeito, de um ano, em holocausto ao Senhor,
13-E a sua oferta de alimentos, será de duas dízimas de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta queimada em cheiro suave ao Senhor, e a sua libação será de vinho, um quarto de him.
14-E não comereis pão, nem trigo tostado, nem espigas verdes, até aquele mesmo dia em que trouxerdes a oferta do vosso Deus; estatuto perpétuo é por vossas gerações, em todas as vossas habitações.
15-Depois para vós contareis desde o dia seguinte ao sábado, desde o dia em que trouxerdes o molho da oferta movida; sete semanas inteiras serão.
16-Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor.
17-Das vossas habitações trareis dois pães de movimento; de duas dízimas de farinha serão levedados se cozerão; primícias são ao Senhor.
 Deus exige daquele povo quando entrasse na terra prometida sempre que fizesse sua colheita, uma parte desta colheita deveria ser dada ao Sacerdote, devemos nos atentar que está parte da colheita era entregue para que não faltasse mantimento, pois a tribo de Levi não teria parte de herdade da terra, e então não teria como manter-se, já que as suas funções eram instruir o povo acerca da adoração. Eles eram os ministros dos seus dias. Também regulavam as leis morais, civis e cerimoniais, e supervisionavam a saúde, a justiça e o bem-estar da nação. Este evento era na verdade o dizimo que arrecadado hoje, mais Pastores não satisfeitos com dizimo fazem este culto para uma arrecadação extra e ainda ousam dizer que é para Deus, quando na maioria das vezes são usados para tudo menos para obra de Deus.

Culto de Profecias.


 A palavra profecia tem origem do grego PROPHETIA “capacidade de interpretar os desejos dos deuses”, de PROPHETES, de PRO-, “à frente”, mais PHANAI, “FALAR”. A capacidade de interpretar os desejos de deuses e falar a frente, ou seja, um porta voz. O significado de profecia é: predição por inspiração Divina/ Toda predição de acontecimentos futuros, por conjetura ou acaso.

Mateus 10:1-42
1-E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.
2-Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
3-Filipe e Bartolomeu, Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu,
4-Simão, o Cananita, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.
5-Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
6-Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;
7-E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
8-Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça daí.
9-Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
10-Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento.
11-E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis.
12-E, quando entrardes nalguma casa, saudai-a;
13-E, se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.
14-E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
15-Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para o país de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.
16-Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.
17-Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas;
18-E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles, e aos gentios.
19-Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer.
20-Porque não sois vós quem falará, mas o Espírito de vosso Pai é que fala em vós.
21-E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai o filho; e os filhos se levantarão contra os pais, e os matarão.
22-E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
23-Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel sem que venha o Filho do homem.
24-Não é o discípulo mais do que o mestre, nem o servo mais do que o seu senhor.
25-Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao pai de família, quanto mais aos seus domésticos?
26-Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se.
27-O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutais ao ouvido pregai-o sobre os telhados.
28-E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.
29-Não se vendem dois passarinhos por um ceitil? e nenhum deles cairá em terra sem a vontade de vosso Pai.
30-E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.
31-Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos.
32-Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.
33-Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.
34-Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;
35-Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
36-E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.
37-Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
38-E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
39-Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á.
40-Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.
41-Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo.
42-E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.

 Neste texto bíblico (vs-1) Jesus enviou os deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal, (vs-8)Curar os enfermos, limpar os leprosos, ressuscitar os mortos, expulsai os demônios, esta é uma relação de poderes entregues aos discípulos, porem no (vs40) Jesus declara quem recebe os discípulos, recebe a Ele, e quem me recebe Ele, recebe aquele que o envio, “Deus”; no “vs42” fica claro que o nosso galardão e de acordo com que recebemos, nós recebemos a Deus através de Jesus (palavra), e assim como os discípulos não recebemos nenhum poder para profetizar, Deus usou profetas para falar com o povo, mas, foi necessário enviar a Sua Palavra por Jesus, e é por esta palavra que tivemos livre acesso a Deus, Jesus não veio até a aqui para profetizar e sim para proclamar, por que pastores ordenam que os fies profetizem sobre a vida de seus irmãos, nem o próprio Jesus ensinou esta prática, o que vejo são  irresponsáveis querendo imitar Deus, e ao invés de fazer discípulos estão querendo voltar com os profetas.

 O significado de proclamar é pronunciar-se publicamente em alta voz e com solenidade, reconhecer solenemente, decretar, publicar ou promulgar uma lei.

Culto de Revelações.
   A palavra revelação vem de origem do Latim REVELATIO, “ato de mostrar, descobrir, destapar”, de REVELARE, formado por RE-, indicando oposição, mais VELARE, “cobrir, tapar”, de “VELUM”, “véu”.
 O significado de a palavra revelar na Teologia é o ato pelo qual Deus fez saber aos homens os seus mistérios, e sua vontade, a princípio no momento da criação, depois Moisés e os profetas, e finalmente por Jesus Cristo, quando Deus ”verbo” se revela em Jesus a toda humanidade, todas elas estão escritas em Apocalipse, as revelações se encerraram em Jesus, mesmo assim alguns pastores insistem em usar as revelações nos púlpitos, acredito que as praticam por desconhecer, não foram ensinados adequadamente, ou não se interessam em falar a verdade com medo da reação dos fies, pois existe uma boa parte deles, que estão dentro da igreja somente para ouvir revelações, acreditando que é Deus que está falando por intermédio de um irmão, e sem entender que todos nós temos livre acesso ao Pai e que não precisamos de intermediário, precisamos de verdade é viver sem demagogia, com conhecimento da palavra de Deus, seguir os passos de Cristo, e assim nos tornaremos melhores que nos mesmos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.